sábado, 28 de dezembro de 2013

ATRAVESSANDO VENEZA

Enquanto o barco percorria lentamente o maior canal de Veneza, esta bela cidade ía desfilando perante a nossa vista, os pequenos canais da cidade, os seu edifícios engalanados de flores , as belas esplanadas, gôndolas e barcos de transporte, turistas...






Começámos, finalmente, a ver a linda Praça de S. Marcos....deslumbrante de qualquer  ângulo que se olhe...





Muito escondida a bela Ponte dos Suspiros...
Ponte dos Suspiros entre os dois edificios num plano mais elevado
Após a passagem pelo centro de Veneza os cais que atravessam a cidade passam a ser menos compridos até que depois de uma zona arborizada a cidade "morre"...

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

PARTIDA DE VENEZA A CAMINHO DO BÓSFORO..

Em 2007 conseguimos reunir a família mais próxima para fazer um cruzeiro que nos levaria até Istambul. Foi uma viagem fabulosa.
O paquete partiu de uma cidade maravilhosa, talvez a minha cidade preferida, e que dispensa qualquer apresentação - Veneza
O paquete ía sair por volta das 17h e não era o único...ao nosso lado estava um " monstro" tão grande como o nosso.

Este outro barco partiu uns minutos antes do nosso e vimo-lo percorrer o grande canal de Veneza..era um contraste bem interessante
Tinham-nos dito que a partida de um barco de cruzeiro da cidade de Veneza era lindíssima  mas superou as expectativas..
Poder ver os canais do deck mais elevado do navio era tão interessante que apanhar um lugar nesse deck  não foi fácil..




À medida que o barco deslizava pelo grande canal a cidade desenrolava-se sob os nossos pés..
Eu ansiava passar pela mais bela praça do mundo...a praça de S. Marcos..

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

ESPECTÁCULOS NO COSTA CLÁSSICA DURANTE VIAGEM AO JAPÃO

Durante este cruzeiro que nos levou de Hong Kong ao Japão e que finalizou em Xangai muitas noites animadas tivemos no paquete..
Como a diversidade de espectáculos é grande e muitas vezes de difícil escolha e o cansaço dos muitos passeios  se fazia sentir  ao fim do dia  não andei preocupada a tirar fotos aos vários eventos e ao próprio barco.
Ficam aqui alguns momentos, dos poucos, que registei neste cruzeiro...






terça-feira, 17 de dezembro de 2013

SOUZHOU E OS SEUS CANAIS

Fundada no ano de 514 a.C., a cidade de Suzhou tem portanto mais de 2.500 anos de antigüidade. Daí sua abundância em lugares de interesse histórico, cuja quantidade, segundo se diz, é comparável à dos existentes em Beijing e Xi´an




Em Suzhou há mais de 200 aldeias à beira da água, cujo encanto reside nos seus telhados azuis e muros brancos, assim como na sua infinidade de pontes estreitas e pequenos canais. 




 






Tudo isto compõe um belo quadro de ruas unidas por pontes e de barcas navegando pelos canais. 
Os canais se entrecruzam sem cessar.











 Às vezes, a mulher que dirige a barca canta canções do folclore local, criando assim uma boa atmosfera que dura todo o trajeto.



quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

SUZHOU E OS SEUS JARDINS

Suzhou é uma importante cidade, na parte baixa do rio Yangtze, conhecida por seus canais, pontes, templos e belíssimos jardins.  Esses jardins foram construídos e foram propriedade de famílias abastadas e imperadores .





A beleza de Suzhou não está nos arranha-céus, nas rodovias e nos hipermercados, todos os quais podem ser facilmente encontrados nas proximidades de Shanghai. As pontes estreitas, os pequenos canais e os jardins clássicos de Suzhou, assim como suas aldeias antigas à beira da água, são uma magnífica amostra tanto do essencial da cultura chinesa, como da  sua elegância e delicadeza 





Os jardins de Suzhou são um primoroso legado da cultura chinesa. Dos mais de 60 jardins que chegaram até nossos dias em bom estado de conservação, mais de dez estão abertos ao público
Em dezembro de 1997, a UNESCO incluiu o Jardim do Administrador Humilde, o Jardim Liuyuan, o Jardim do Maestro Redero e o Jardim Huanxiu Shanzhuang no Patrimônio Cultural da Humanidade.
No jardim do Administrador Humilde há muitas bancas e pavilhões construídos à beira da água.






O jardim se divide em três partes: leste, centro e oeste. Seu elemento mais característico é uma fonte de água e o pequeno riacho que desemboca nele. Este jardim, uma terceira parte da qual está ocupado por água, é um excelente exemplo da delicadeza da arquitetura meridional e da harmonia resultado da combinação da fonte, os riachos, as montanhas, as rochas, as árvores, as bancas e a moradia.













domingo, 8 de dezembro de 2013

NOITES DE XANGAI - FESTIVAL DE LUZ E COR

Não há palavras para descrever a movimentação, a alegria das noites em Xangai. O rio anima-se com o colorido das muitas embarcações ( turisticas e não só) que passeiam nele. Os principais monumentos vão mudando a iluminação e não só em termos de cor. O céu fica iluminado pelos holofotes  de luz colorida .. aqui ficam algumas imagens e uns videos ( muito fracos pois não sei editá-los..)
video

video

video

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

XANGAI - QUANDO A NEBLINA SE DISSIPOU

Quando regressámos ao paquete , ao entardecer, a neblina dissipou-se e então pudemos desfrutar de belas vistas desta cidade sob a doce luz do final de dia

Lá estava a zona de  Pudong com a Pearl Tower, que tínhamos subido e a famosa torre " abre-latas"



















A visão para o lado contrario ao rio também era fascinante pela sua arquitectura e por uma magnifico jardim em que as cores das plantas utilizadas produziam  belas geometrias decorativas. Parecia que não havia uma folha fora do lugar..



terça-feira, 3 de dezembro de 2013

XANGAI VISTA DA PEARL TOWER


A  esfera  maior das 11 desta torre está mais perto do solo e tem uma pista de dança, um karaoke e um deck de observação.
Na segunda esfera existe um  restaurante giratório, com a paisagem de Shanghai  movendo-se  à nossa volta.Não tivemos tempo para jantar mas deu para tomar uma bebida quando descemos da esfera mais alta..





 Na esfera maior e mais alta está o deck de observação mais elevado e com uma vista fabulosa sobre a cidade, apesar da neblina que nos perseguiu todo o dia









 Uma experiência inolvidável, mas que não é para todos especialmente para quem tem problemas de vertigens, é dar a volta a esta esfera sobre o chão de vidro . Parece que  flutuamos sobre a cidade. 
 Arrisquei a fazê-lo..faz muita impressão e caminha-se muito lentamente...quando acabei a volta pela primeira vez na vida senti-me indisposta ..mas logo passou e não fiquei arrependida de ter sido ousada..